Associe-se

Imposto de Renda 2022: organize seus documentos para sua declaração

Credibrf

5 de julho de 2022

No primeiro semestre de todo ano nós ouvimos falar sobre ele, o imposto de renda. Essa é uma das principais obrigações legais que temos. Trata-se de uma declaração que fazemos referente aos ganhos, gastos e rendimentos do ano anterior.

Muitas pessoas possuem dúvidas sobre como ele funciona e a maneira correta de fazer a declaração. Por isso, se você recebe salário, realiza investimentos ou é um empreendedor, continue a leitura e fique por dentro de todas as informações. 

O que é o Imposto de Renda?

O famoso IR é um tributo federal sobre a renda, ou seja, um tributo cobrado sobre o que você recebe. Anualmente você precisa fazer a declaração referente aos dados do ano anterior, ou seja, em 2022 a sua declaração contará com os valores recebidos no ano-calendário de 2021. 

Todas as informações preenchidas ficarão à disposição do governo para fazer a conferência dos impostos devidos pelo trabalhador, de acordo com os seus rendimentos. 

Todas as taxas cobradas são analisadas pela Receita Federal e, em casos em que o contribuinte pagou mais do que o que devido, o valor excedente é restituído. Caso contrário, o trabalhador precisa realizar o pagamento do valor devido. 

Essa tributação é aplicada para cidadãos trabalhadores e empresas, portanto temos duas categorias: Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) e Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ). A primeira delas incide sobre a renda e os proventos do contribuinte que recebe rendimentos de fontes no país, a segunda categoria é destinada a empresas brasileiras.

Neste momento você pode estar se perguntando “eu sou obrigado (a) a declarar o imposto de renda?”. Para responder essa pergunta, explicaremos os critérios que determinam a obrigatoriedade de preenchimento deste documento.

Quem está obrigado a declarar em 2022?

Abaixo separamos as categorias de quem é obrigado a fazer a declaração em 2022. Caso você se encaixe em pelo menos uma delas, deverá declarar o Imposto de Renda.

Rendimentos

Aqueles que receberam mais de R$ 28.559,70 em rendimentos tributáveis no ano passado. São considerados rendimentos: salário, aposentadoria, pensão do INSS, renda de aluguel, entre outros. Nesta categoria também se encaixam quem obteve rendimento dos seus investimentos acima de R$ 40.000,00. 

Bens e Direitos

Se você possui veículos, imóveis ou aplicações financeiras que somam mais de R$ 300.000,00, também deve declarar. Você ainda terá a obrigação caso tenha obtido lucro através da venda de bens no ano passado. 

Atividade Rural

Em caso de renda bruta acima de R$ 142.798,50 em atividades rurais, ou possui prejuízo a ser compensado.

Ganho de capital

Em casos de isenção de impostos sobre ganhos de capital na venda de imóveis residenciais nos termos do art. 39 da Lei n. 11.196/2005.

Residente no Brasil

Pessoas que moravam no exterior e, em 2021, voltaram a morar no Brasil e aqui estavam até o dia 31 de dezembro. O mesmo vale para os estrangeiros que estiveram residentes no Brasil no mesmo período. 

Operações em bolsas de valores

Se você realizou operações em bolsas de valores também deverá preencher. 

Qual é o prazo para declaração e quais são os documentos necessários?

O prazo para entrega da declaração do IR 2022 ainda não foi divulgado, mas tradicionalmente começa no 1º dia de março e se estende até o último dia de abril. 

Você já pode começar a separar os principais documentos necessários para a declaração:

– Informes de rendimentos de salários, auxílio emergencial, aposentadoria etc;

– Informes de rendimentos de instituições financeiras;

– Informes de rendimentos recebidos por aluguel, pensão etc;

– Documentos de dependentes e alimentandos;

– Saldos de bens e direitos;

– Despesas médicas;

– Doações; 

– Documentos pessoais (RG, CPF, comprovante de endereço, título de eleitor etc.);

– Cópia da declaração do exercício anterior; 

– Dados de contas bancárias; 

– Boleto do IPTU de 2021;

Para ter acesso ao Informe de Rendimentos via Internet Banking basta seguir os seguintes passos:

Como os cooperados da Credibrf podem ter acesso ao informe de rendimentos?
Imposto de Renda 2022: organize seus documentos para sua declaração

1º. Acesse o nosso site, clicando aqui;

2º. Faça o seu login;

3º. Acesse “Informe de Rendimentos”;

4º. Selecione o ano de 2021;

5º. Clique em “Imprimir Informe de Rendimentos”.

Fácil, né? Separe todos os documentos caso você se encaixe nas categorias apresentadas e atente-se aos prazos!

Comentários

2 Comentários

  1. VANDER FERREIRA DOS SANTOS

    Bom dia, gostaria de saber qual o numero do banco na hora de preencher a declaração de Imposto de renda,,,

    Responder
    • Ronaldo Welter

      Olá Vander, agradecemos sua mensagem.
      O número de validação da instituição será o CNPJ da Credibrf, essa informação fica disponível em seu informe de rendimentos.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Como faço para ser um cooperado?

Fazer parte da Credibrf é muito mais simples do que você imagina! Basta clicar no botão “Associe-se” logo abaixo, preencher, assinar a adesão e nos enviar juntamente com um documento pessoal por e-mail para relacionamento@credibrf.com.br

Se você preferir, pode ir até o posto de atendimento presencial da Credibrf em sua unidade de trabalho.

Ou você ainda pode baixar nosso aplicativo em seu celular!