10 passos para você alcançar sua independência financeira

Credibrf

23 de fevereiro de 2024

Você acredita que conquistar a independência financeira seja algo impossível ou bem distante da sua realidade?

Podemos te garantir que não!

Entretanto, para alcançar esse objetivo é preciso bastante dedicação, comprometimento, equilíbrio e, principalmente, planejamento e mudanças de hábitos.

Neste artigo, vamos ajudar você a dar os primeiros passos rumo à tão desejada independência financeira.

Continue a leitura e descubra 10 dicas valiosas que separamos para apoiar você nesta jornada.

Afinal, o que significa independência financeira?

O salário, ao final de cada mês, é o pagamento relativo ao trabalho desempenhado para uma empresa ou para o próprio empreendimento.

Na teoria, o assalariado consegue pagar as contas, manter as necessidades pessoais e da família e melhorar a sua qualidade de vida.

Entretanto, nem sempre é isso o que acontece.

De acordo com uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) em parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), cerca de 58% dos brasileiros não têm controle da vida financeira.

Ainda segundo o estudo, 17% dos consumidores precisam utilizar o cartão de crédito, cheque especial ou fazer empréstimos para conseguirem fechar as contas no mês.

Independência financeira é o momento em que você consegue manter um padrão de vida sem depender da sua atividade laboral para custear as necessidades do dia a dia.

Ou seja, quando você alcança esse estágio, não é mais preciso trabalhar ativamente no mercado.

Dessa forma, ter uma renda ativa passa a ser uma questão de escolha, não mais de obrigação para pagar as contas.

Portanto, conquistar a independência financeira é custear um estilo de vida a partir de renda passiva, como aluguel de imóveis e fundos de investimentos.

Outra forma também de obter dividendos é por meio de ativos financeiros periódicos, como aposentadorias, pensão ou previdência privada, por exemplo.

Vale ressaltar que essas fontes de renda precisam ser recorrentes e suficientes para manter o padrão de vida, sem comprometer o patrimônio.

Ou seja, nesse momento, o seu dinheiro trabalha para você, não o contrário.

Por que ela é essencial em nossas vidas?

Já imaginou poder escolher trabalhar com o que você ama e, ainda, por realização pessoal, não por necessidade?

Ou ainda, aproveitar o tempo que seria dedicado ao trabalho para viajar, curtir seus hobbies e estar mais perto da família e amigos?

Isso é perfeitamente possível, quando você alcança a tão sonhada independência financeira.

Ao conquistá-la, você tem mais qualidade de vida e também pode se dedicar a projetos pessoais, sem se preocupar em trabalhar para ganhar dinheiro.

10 passos para atingir a independência financeira

Quer descobrir como começar hoje mesmo a sua jornada em direção à independência financeira?

Então, confira estas 10 dicas preciosas que separamos para ajudar você!

1. Faça um levantamento das suas finanças (gastos e ganhos)

Alcançar a independência financeira passa, principalmente, pelo desenvolvimento de um planejamento financeiro estratégico.

Por isso, procure fazer um levantamento detalhado das suas finanças, contemplando gastos e ganhos a fim de identificar, sobretudo, as saídas de receita.

Isso é fundamental para traçar metas de curto, médio e longo prazos para de conquistar o objetivo final: sua independência financeira.

Lembre-se sempre de contabilizar os dados desse mapeamento em um caderno ou arquivo digital, como Word ou uma planilha do Excel, por exemplo.

Isso vai facilitar o acompanhamento da sua performance e garantir que os limites de gastos sejam respeitados.

2. Corte gastos supérfluos

Gaste um tempo para identificar os gastos supérfluos para, então, cortá-los.

Isso vai ajudar você a canalizar esse dinheiro para outros fins, como o pagamento de contas ou débitos em atraso e, até mesmo, uma possível aplicação em bens tangíveis ou  investimentos.

O RDC (Recibo de Depósito Cooperativo) é uma ótima opção para você investir esse dinheiro e que garante investimentos com rendimentos diferenciados.

3. Defina um teto para cada tipo de despesa

Tenha sempre em mente o valor destinado para cada despesa pessoal e também da casa a fim de não ultrapassar o teto e evitar o uso de cartão de crédito, cheque especial e, principalmente, adquirir empréstimos.

Essa é uma excelente maneira de garantir a sua saúde financeira, bem como não correr o risco de ficar inadimplente e com o nome restrito nos órgãos de proteção ao crédito.

4. Trace objetivos e faça um planejamento financeiro para alcançá-los

Com planejamento, é possível conhecer de perto a sua realidade financeira a fim de adequá-la aos objetivos traçados.

Procure viver de acordo com a sua capacidade de pagamento hoje, sem contrair dívidas para bancar um estilo de vida diferente do que você possa arcar.

Procure planejar seus gastos e, principalmente, seus investimentos para multiplicar os valores aplicados e aumentar o seu patrimônio, fazendo o dinheiro trabalhar para você.

5. Invista em sua educação financeira

Quer ter mais segurança para desenvolver um planejamento financeiro assertivo e estratégico?

Então, dedique tempo para investir em educação financeira.

A Academia Credibrf é um canal exclusivo dedicado à formação e desenvolvimento para você e toda a sua família.

Além dela, os portais do Sebrae e do SENAI também disponibilizam diversos cursos online e gratuitos de capacitação para te ajudar nesse processo formativo.

6. Faça uma reserva para emergências e imprevistos

Uma das coisas que precisam fazer parte do seu planejamento rumo à independência financeira, é reservar uma certa quantia para administrar emergências e imprevistos.

Dessa forma, você evita, mais uma vez, ter que usar o cartão de crédito, o cheque especial ou contratar um empréstimo bancário.

Assim, você não é pego de surpresa, livra-se do pagamento de juros e, ainda, consegue negociar bons descontos para o pagamento à vista.

7. Procure por uma renda extra

Já pensou em ampliar suas atividades laborais e conseguir uma renda extra com isso?

Um professor contratado ou concursado, por exemplo, pode prestar consultoria, ministrar aulas particulares ou criar conteúdos para plataformas digitais especializadas.

Entretanto, para garantir essas fontes de renda extra, é preciso organização, dedicação e, sobretudo, planejamento, viu?!

8. Se tiver dívidas, tente renegociá-las

Renegociar dívidas, bem como evitá-las deve ser uma meta bem clara para você nessa trajetória rumo à independência financeira.

Por isso, ter um planejamento financeiro estratégico e condizente com sua realidade atual é tão importante para manter sua saúde financeira e sua qualidade de vida.

Ao renegociar débitos em aberto, você garante melhores condições de pagamento e, principalmente, descontos mais expressivos para o pagamento à vista.

9. Aprenda a investir seu dinheiro

Ao se dedicar à educação financeira, como propomos no tópico 5, você conseguirá compreender melhor o mercado e poderá investir o seu dinheiro de forma a aumentar seu patrimônio. 

Seja qual for o tipo de investimento escolhido, é fundamental levar em consideração o seu perfil investidor, a rentabilidade e o prazo para movimentação.

10. Celebre cada meta que você alcançar rumo à sua independência financeira

Conquistar a independência financeira é algo que não acontece da noite para o dia.

Sendo assim, é preciso bastante planejamento, estratégia e foco para traçar as metas e as formas de alcançá-las ao longo do tempo.

Por isso, celebre cada conquista e faça das pequenas vitórias o combustível que você precisa para continuar no caminho rumo à sua independência financeira.

Como faço para ser um cooperado?

Fazer parte da Credibrf é muito mais simples do que você imagina! Basta clicar no botão “Associe-se” logo abaixo, preencher, assinar a adesão e nos enviar juntamente com um documento pessoal por e-mail para relacionamento@credibrf.com.br

Se você preferir, pode ir até o posto de atendimento presencial da Credibrf em sua unidade de trabalho.

Ou você ainda pode baixar nosso aplicativo em seu celular!

   

Entre em contato